6 horas 2017 aPiloto André Soares "Urso". - Foto: João Victor Aguiar
A Fazenda Por do Sol em Araguari recebeu dia 30 de julho mais uma edição da prova de resistência mais esperada do ano. O 6 Horas Tokens de Cross Country, prova com o percurso e obstáculos 100% naturais. Às 10 horas em ponto aconteceram as três largadas, dividindo os participantes por categorias. Cada equipe traçou sua estratégia, mas o desgaste causado pelo duro terreno fez a diferença. O organizador Rogério Leite, caprichou no trabalho, traçou todo o percurso, totalmente dentro

da propriedade contou com muitos single tracks, estradinhas, poeiras e claro, as tradicionais pedras roladeiras. Uma grande subida que parecia mais um rio de pedras, onde os pilotos tinham que acelerar e subir de uma só vez, se parassem tinham que voltar e começar novamente.

“Em 2016 corri com dois outros amigos... Esse ano fui com dois guerreiros, Gabriel Fino e Tadeu Landim que começou a participar de provas a pouco tempo e vem se destacando e andando muito. Combinamos em adotar a mesma estratégia de 2016 que funcionou. Apesar de a minha largada ter sido muito mal ao final da primeira volta consegui a segunda colocação e trabalhar a constância. A estratégia inicial era cada um dar duas voltas com gás total, os dois estavam inteiros e acabaram em algumas trocas darem até cinco voltas, conseguimos manter o ritmo apesar de que a cada volta a pista virar um estrago e um verdadeiro mar de pedras. Ainda contamos com alguns erros dos concorrentes que nos deu a vantagem é mais um ano a Vitória. Parabém ao organizador Rogério Leite, a prova como sempre muito esperada, valeu a todos e principalmente aos dois parceiros de corrida.” - Comentou André Soares “Urso” que correu na categoria Força Livre em equipe com Gabriel Fino, de Monte Carmelo/MG e Tadeu Landim de Patrocínio/MG e terminaram a prova na primeira colocação com 33 voltas.

6 horas video1No ponto de transição os pilotos da mesma equipe tinham que trocar o colete, que carregava além do número da equipe o chip que marcava a passagem e o tempo a cada volta. Já nas categorias Iron Man os pilotos correram às seis horas sem revezamento e o preparo físico fez a diferença. As falhas mecânicas fizeram alguns pilotos abandonarem a prova, mas a festa continuava, pois os mesmos passavam para o lado da torcida incentivando e torcendo pelos amigos.

6 horas 2017“Gosto muito do Off Road, Enduro Fim e Cross Country. Fiquei sabendo que seria uma prova de alto nível técnico, resolvi participar para testar meu condicionamento físico,  me diverti muito. Achei a prova maravilhosa, surpreendeu minhas expectativas, devido o alto nível técnico do traçado com Single Track, subidas, descidas com muito cascalho e pedras, realmente um verdadeiro show de Cross Country. Ao decorrer da prova procurei andar constante, com muita concentração e poucos erros, poupei minhas energias para o final da prova, e deu certo. Estou feliz com meu desempenho, obtive a 2° Colocação na categoria Iron Man Nacional e 8ª colocação na Geral. Gostaria de agradecer a Asw, Rinaldi, Mr Pro, BMS, Motul, Edgers, Scud, Ingá, Motoartes adesivos e Zanol Parts por me apoiarem e acreditarem em meu potencial” - Declarou a piloto da Rinaldi ASW Zanol Team, Bárbara Neves de apenas 17 anos que veio de Goiânia/GO, acompanhada por Rildo José, seu “paitrocinador”, mecânico, técnico, motorista e apoio.

venda fotos

Agenda

Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
1
3
4
5
6
7
8
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
24
25
26
27
28

Facebook

 

 

29 30 08 2018b

copa cerrado logo 

Receba Informes

 


  tribo pg2

cerrado


motoarts
 


 

Estatística Site

Hoje372
Ontem1766
Esta semana2138
Este Mês32560
Total1295949